domingo, 6 de janeiro de 2008

¿Qué has pedido a los reyes?


Muito mais comum do que fazer pedidos e mandar cartinhas ao Papai Noel, aqui na Espanha, nessa época do ano, quem comanda mesmo a festa são os Reis Magos. É hoje, dia em que se comemora a visita de Melquior, Gaspar e Baltasar ao Menino Jesus, que a maioria das crianças (e adultos, claro) ganham seus presentes de fim de ano.

É certo também que de uns tempos para cá o “bom velhinho”, invenção dos estadunidenses, tem dado as caras por aqui. Mas nada comparado à festa que fazem para as majestades do oriente.

Nos shoppings, são eles que ouvem os pedidos de meninos e meninas. As cartinhas não vão para o Pólo Norte e sim para o Oriente Médio. Na madrugada de ontem, milhares de “niños” colocaram seus sapatinhos nas janelas e alguns, inclusive, deixaram água e grama para os camelos reais.

Ontem, dia da Cavalgada dos Reis, Melquior, Gaspar e Baltasar desfilaram pela maioria das cidades espanholas. Em carroças caracterizadas e acompanhados de seus pajens, artistas circenses, duendes e magos, eles passavam pelas ruas distribuindo balas e presentes. Em cada região eles chegaram de uma maneira – navios, helicópteros e cavalos.

Aqui em Valência o desfile principal, pelo centro da cidade, contou com 45 carroças e mais de 2.200 figurantes, de acordo com a prefeitura. Mas outros menores também aconteceram pelos bairros. Eu, claro, não podia deixar de participar de um deles e escolhi um bem especial, em um bairro carente próximo de onde vivo.

Meus colegas de alojamento foram os que se vestiram de reis. Como cheguei digamos, um pouquinho atrasado, acabei ficando sem fantasia. Mas ajudei na organização e a distribuir os presentes para a meninada.

Foi uma festa. Durante o desfile pela rua, centenas de presentes foram jogados de um caminhão. É certo que a criançada se esbofeteava para pegar o seu, mas expertos como são, encheram sacolas de supermercados de joguinhos, bolas, bonecos, carrinhos, lápis, réguas e tudo mais. Não vi ninguém sair sem no mínimo dois ou três presentes.

Mais tarde, na escola, já um pouco mais organizado, eles faziam fila para falar com os reis e ganharem mais presentes. Desta vez brinquedos melhores, de qualidade. E todos ganharam. Na porta, churros e refrigerante para todos.

Foi um dia especial. Mas na verdade, eu mesmo acabei ficando sem presente. Alguém me manda algum?
(Na foto, a cavalgada no centro de Valência)

3 comentários:

Jove disse...

Savi, após um bom tempo sem visitar seu blog, estou de volta.
Diferente da primeira vez, ele está recheado de histórias divertidas, e tocantes. Sua escrita sensível e detalhada, me reporta ao seu novo mundo.
É uma delicia ler seus textos.
Triste é não estar ai para compartilhar esses momentos contigo.
Amigo, esses dias descobri um cantinho mágico em vitória. É a nossa cara. Quando vc voltar a Vix, será o primeiro lugar que irei te levar.
Ah savi, tenho feitos bons amigos por aqui, mas vc faz uma falta danada.
Josana tá mandando um beijo.
Fique com Deus.
até breve.

vanessa disse...

Que legal saber que aí se festeja tanto o Dia dos Reis Magos. É muito interessante saber um pouco da cultura de outros lugares.
E que lindo saber que vc "foi um Rei Mago". Ajudar às pessoas, levar um pouco de alegria e carinho a elas nos faz bem e nos torna pessoas melhores tbm. Tenho certeza que vc se sentiu assim.
E quanto ao seu presente.... ahhh...um dia ele chega!!!....kkkk
Bjus

Saviano Abreu disse...

Jove, vc tb faz maior falta aqui amigo. Espero pelo menos estar um pouco presente ai com minhas histórias. Vê se aparece por aqui mais vezes. Outro abraçao pra Josana e pra todos dai da sua casa.
Vanvis, ainda to esperando viu!