domingo, 23 de dezembro de 2007

Mi vida ha cambiado

Minha história na Espanha tem um antes e um depois. Conhecer as lojas dos chineses, espalhadas por todos os lados de Valência, mudou completamente minha vida. De utensílios de cozinha a brinquedos e roupas, nesses lugares, onde trabalham famílias inteiras de imigrantes chineses, se pode encontrar de quase tudo. E o preço convida.

Minha casa já está recheada de coisinhas compradas ali. Mas minha melhor aquisiçao (sem til porque nao estou no meu computador) atende pelo nome de calzoncillos largos. Traduzindo, cuecas compridas. É uma coisa muito baranga, que parece com as peças usadas por comediandes em antigos filmes de humor ou pelos palhaços de circo.

A peça se parece a uma meia-calça, mas termina na canela, tem uma abertura para fazer xixi e é fabricada em algodao com polyester. O objetivo é livrar um pobre mortal do frio que faz por aqui. Antes dessa maravilhosa aquisiçao, que me custou 3 euros, eu quase morria congelado todas as vezes que saía somente com calça jeans. Chega a doer quando os termômetros estao marcando zero graus, coisa normal por aqui.

Aproveitei para comprar por ali também meias de inverno, já que nem usando três normais ao mesmo tempo conseguia manter os pés quentes. É ou nao é uma dádiva dos deuses as lojinhas chinesas?

Na verdade nem todo mundo aqui pensa assim. Andei lendo no jornal EL País, em ediçoes mais antigas, que muitos comerciantes fizeram protestos reclamando da concorrência desleal. Parece que nao existe um estudo exato, mas somente uma extimativa de que existam mais de 10 mil lojas dessa no país. Muitas delas sao irregulares, o que ajuda a baratear os preços.

Bom... minha opiniao é que estou muito mais feliz depois que passei a usar minha cuecas compridas.

5 comentários:

Tatiane disse...

Adicionei você nos links em parceria se puder fazer o mesmo por mim eu agradeço desde já...
o blog está a procura de colunistas se quiser fazer parte de nossa equipe sinta-se a vontade
Feliz Natal
Tatiane Dias
wwww.sairdobrasil.com

lucas disse...

No puedo creer lo que leí!!! Calzoncillos Largos jajaja, trajiste a mi memoria épocas de niñez (15 años atrás). Viste que útiles que son para esas noches de frio absurdo? hehehehe ahora otra herramienta para combatir el frio, no sé si ya la conoces?, son las famosas bolsas de agua caliente... Claro solo para usarlas en la cama hehehehe .

Me Divertí mucho leyendo tu blog y me alegro que ya tengas TV.
Besos!!! TKM. FELIZ NAVIDAD!!!

Detalle: Esas tiendas chinas están desparramadas por el mundo. Para tener en cuenta en la Argentina el auge del comercio chino, bien conocido como canal amarillo, son los supermercados… Claro el precio también invita, ya que tienen un convenio con el gobierno que los beneficia en una reducción de impuestos que ni los propios argentinos gozan.

Lucas!

Leonardo disse...

Posso encomendar uma cueca dessas pra mim? eu pago as dispesas de correio!! Sério! É que estive no Pico da Bandeira este ano e sei o quanto elas farão falta quando eu voltar. Muito frio!!!
.
Quanto ao mercado informal dos chineses, isto nos faz lembrar os tênis de "tlinta-leais" e os "ólculos" de "dés-leais" dos coreanos nas praias de Vila velha. heheheh
.
quanda deslealdade comercial!!!
.
querido! boa estadia ai, ok?
.
Ass.: Hóspede*Póstumo

vanessa disse...

Cuecas compridas.... só faltava essa.
Ainda bem q aí se usa isso neh... mas imagina aqui no Brasil...kkkk.
Em relação às lojinhas chinesas... devem ser parecidas com as de 1,99 daqui né... e pra ser sincera... eu amuuuuu... tudo baratim.... não tem coisa melhor.
E já q nas lojinhas aí as coisas são baratinhas tbm.... pode comprar meu presente tah..
Saudadessssss

Saviano Abreu disse...

Tati, já está na minha lista. Valeu.
Lucas, me tienes que enseñar otros trucos, que yo de frío no sé nada, tio.
Léo, com certeza ajudaria muito no Pico da Bandeira. É uma benção, como diria minha avó. rsrs
Vanvis, vc sempre com a história de presente.. Bom, tem a ver com as lojas de 1,99, mas num âmbito bem maior. Vc acha de tudo mesmo. Eu tb adoro.rsrsrs