quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

¡¡¡Qué morro tengo!!!


Graças ao bom Deus o meu Abono Metro, um cartão mensal para usar o metrô, ficou pronto. Com ele, pagamos uma tarifa única e podemos usar o serviço quantas vezes forem necessárias. Minha bolsa de estudos cobre o meu, mas demorou quase um mês para me entregarem o danado do cartãozinho. O fato é que, querendo economizar, eu acabava pegando o trem sem pagar.

Isso mesmo, dá para arriscar e ir sem pagar. Claro que depende da linha que você vai usar e da estação que vai descer. A daqui de perto da minha casa é uma de superfície, o tranvia, uma espécie de bondinho dos tempos modernos. A da universidade é a mesma, não preciso fazer baldeação nem nada. A tentação era grande.

O único probleminha é que tem uns danadinhos de uns fiscais que rondam os vagões atrás de espertinhos como eu, a maioria deles pobres imigrantes. E não é que me pegaram? O pior que não foi uma vez só não, foram duas.. melhor dizendo, três. Mas eu mantive a calma a contornei a situação.

Na primeira delas a desculpa foi perfeita. Eu estava com o cartão já na mão, pago, mas não cancelei o bendito nas maquininhas que ficam nas estações. Essa linha de superfície não tem nenhum funcionário. As estações são na verdade paradas, na rua mesmo, e nelas estão posicionadas máquinas onde você pode comprar o bilhete ou cancelar algum seu que tenha comprado anteriormente.

A parte boa é que às vezes elas pifam, saem do ar ou coisa parecida. E a da estação que peguei está sempre quebrada. O fiscal entendeu perfeitamente, cancelou o bilhete que eu tinha em mãos e tudo ótimo.

A segunda foi um pouquinho pior. Estava com meu amigo Miguel Angel, indo para o cinema. Peguei esse de superfície, mas tive que descer numa outra estação onde tomaria o metrô até o destino final. Nessa que segunda estação também não era necessário passar por catracas e nem tão pouco na que íamos descer. Conclusão: pagar para quê?

Mas foi só entrar no segundo metrô para vir a tal da mulherzinha (ô raiva). Ela se aproximou, pediu o bilhete e eu entreguei, na maior cara lavada, sem cancelar. Bom, ela não acreditou muito na história de que eu entrei correndo no vagão que já estava fechando as portas e não tive tempo de passar pelas máquinas. Mas acho que quase acreditou que a estação que iria descer tem roletas e que o bilhete seria cobrado, porque não me fez pagar nenhuma multa e apenas cancelou meu cartão. Ufa.. podem exigir 50 euros (cerca de R$ 140) de multa.

Na terceira foi tranqüilo. Estava com dois amigos brasileiros, do curso, e a desculpa da máquina quebrada funcionou.

Ah, para os mais curiosos, uma viagem de metrô aqui custa de 1,20 a 1,70 euro (R$ 3,30 a R$ 4,70), depende da linha. Fazendo a conversão para o real parece muito caro, mas não é não, para os padrões daqui.
Os cartões mensais variam muito de preço, depende da idade, se é estudante, da linha. Um para idosos vale 9 euros e o de estudantes, na linha mais cara, em torno de 30 euros.
(Na foto, o tranvia visto da janela do prédio onde moro)

9 comentários:

Blog Oficial disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blog Oficial disse...

nao ta pagando a locomoçao, que feio!
deu crise de riso..rsr
mas a mamae ficou preocupada:
_esse saviano, num tem jeito, depois vai preso la ai eu quero ver!!

saulo

misabino disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Soh podia ser brasileiro mesmo auhauah
ja querendo fazer feio...mas tbm...axo que vc tinha que mostrar seu espírito revolucionário....fazer uma greve pq G-susssssss esta passagem cara pra kct neh uahauhauah
\o/
mto bom saudads

vanessa disse...

Ah naummmmmm..... não acredito!!!
Vc andando de metrô sem pagar?!?! Cuidado pra não sem preso hein... kkkkkkkk.
Espero q esteja economizando o dinheiro pra trazer um presente pra mim... rsrsrsrs
Juíííízzzooooo aí hein garoto
Bjus

nanci disse...

sá, para de parar de pagar esse trem ai hem, rsrsr, o dia que te pegarem me conte, vou te mandar um pão com salame, e o arroz com feijão, ah, vou colocar um pedaço bem grande de bife p. vc viu. te cuida garoto. beijossssssss.
obs:vou te mandar um suco vilma, qual sabor vc quer? rs

Fabi disse...

Cuidado nessas aventuras........mas você sempre foi assim: DANADO. Posso até aprender a cozinhar para fazer um arroz / feijão para você. Saudades demais de você, espero que nos encontremos logo embora acredite que ainda vai muito mais longe.bjão e saudades todos os dias.

Miguel Ángel disse...

o metrô sim é caro paro os padrôes daqui.

Saviano Abreu disse...

Saulo - fala com a Mamae que o problema já ta resolvido.
Michel - fazendo a conversao parece caro, mas eu acho mais conveniente nao converter.. 1 euro é como se fosse um real, na nossa realidade ai do brasil.
Vanessa - o que vc quer de presente?
Nan - as cadeias aqui parecem hotéis de luxo.. Até piscina têm. acho que nao vou querer o pao com salame nao. rsrs
Fabi - to esperando vc aqui, viu.

Saviano Abreu disse...

Ángel, meu amigo..
falo dos preços tomando por base o Brasil. Um trabalhador por lá paga muito mais caro. Eu, em Vitória, que tem uma das passagens mais baratas do Brasil, pagava quase 90 reais mensais. Nem fazendo a conversao do Euro pro Real eu gastaria isso mensalmente aqui.