sexta-feira, 10 de abril de 2009

Astorga - Foncebadón: nieve y frío

O primeiro dia de caminhada me deixou com aquela sensação gostosa de meta cumprida e com muita vontade de continuar. Não sei se pela companhia – Laura e Daniel, uma valenciana e um valenciano muito especial –, se pelas pessoas que fui conhecendo pelo caminho, se pela paisagem ou pela junção de tudo isso, mas sinto uma alegria por dentro difícil de explicar.

Começamos em Astorga, uma cidadezinha da província de León, com uma catedral em estilo romano impactante e um castelo de pedra ao lado, obra de Gaudi. Saímos às 8h30, debaixo de uma temperatura de 0º e um vento que dificultava um pouco nossos passos. Cantamos, rimos, nos calamos e pensamos.


A neve, que deu sinais de vida a uns dois quilômetros de Rabanal del Camino, chegou como uma surpresa agradável e uma companhia incômoda ao mesmo tempo. Foi maravilhoso ver nevar, a paisagem ficou linda, mas o frio aumentou e os flocos fincavam como agulhas na pele do rosto.


Em Rabanal, que seria nossa primeira meta, tomamos um leite quente, comemos sanduíches e no final decidimos seguir seis quilômetros mais até Foncebadón.


Aqui, nesse povoado quase inabitado, nos alojamos no Domus Dei, uma albergue paroquial muito simples e muito acolhedor. Os hospitaleiros, dois canadenses voluntários, prepararam um jantar que nos deixou a todos supreendidos: caldo de grão-de-bico, feijão branco e lentilhas de primeiro prato, tortilha de batata e espaguete de segundo. Comi mais do que devia. O preço? Um donativo no valor que pudermos pagar.


Agora, depois de 26 quilômetros e 6 horas de caminhada (já descontados os descansos), vou dormir nesse lugar pitoresco, coberto de neve, pensando no que me espera na jornada de amanhã.

6 comentários:

Vanessa *Vanvis* disse...

Que ótimoooo q tudo isso está lhe fazendo mto bem meu amigo. Fico mto feliz!!
Imagino como a paisagem ficou linda com a neve. Deve ser um maravilhoso espetáculo da natureza.

Ahhh.. e vê se não come mto hein..(se bem q vai gastar todas as calorias extras na caminhada neh)... e não esqueça do meu presente (eu, sua amiga, religiosa, mereço um presente de lah neh... uuhauahuahau).

Siga em frente com fé....
Amooooooooo
Bjussssss

Ronaldo Martins disse...

Cara,
estou aguardando as fotos.
Dá um jeito nisso.
Abs,
ronaldo

Caroline Iglesias disse...

Oi amigo! Estou curiosa... Na sua mochila coube um notebook? rsrs Ou vc tem acesso à internet nos albuergues?
Se cuida, Saving!!!

julinha disse...

Só imagino que vcs voltarao com um pedaço preenchido desse vazio de "nao-sei-o-que" que nos faz ter conversas longas por tantas horas de tantos dias... os echo de menos...

Cris disse...

Querido,
Força e perseverança em seu "caminho".
Estarei acompanhando daqui, aguardando novos posts.
Beijos

Sinara disse...

Se não fosse o cenário diria que é o Sandro nessa foto. Ficou parecidíssimo. SAUDADES.