terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Una conmemoración especial

Hoje eu participei de uma festa de aniversário bastante diferente. A principal personagem da comemoração, a aniversariante, não estava. Parece estranho? Sim, mas foi a maneira que uma mãe achou para sentir-se mais próxima de sua filha, que está a milhares de quilômetros de distancia daqui, em Bogotá, na Colômbia.

Cláudia (foto), a mãe, já mora na Espanha desde 2006 e esse foi o segundo ano consecutivo em que ela não pôde cantar os parabéns para sua filha Daniela Alejandra, que apagou sua 13ª velinha.

Sair dos nossos países em buscas dos sonhos muitas vezes implica enfrentar situações como a que presenciei hoje. Um imigrante, porque é isso que passamos a ser quando deixamos nossas casas, nunca esquece os vínculos que deixou para trás. Imagino que para uma mãe a situação deve ser ainda pior. Impossível não se emocionar ao ver os olhos marejados de Cláudia falando do amor pela filha.

Ela é apenas mais uma das milhares de mulheres que imigram para os países europeus todos os anos, em busca de melhores condições de vida para suas famílias. Muitas delas se vêem obrigadas a deixar para trás os próprios filhos e cuidarem dos filhos de outras mulheres quando chegam aqui. E ainda têm de enfrentar o preconceito dos europeus, que no fundo sabem que dependem dos trabalhadores imigrantes.

Curiosidade: 60% dos cerca de 100 mil brasileiros que vivem aqui são mulheres, segundo dados estatísticos do governo da Espanha.

¡Feliz Cumpleaños Dani! E parabéns a todas as corajosas que lutam para mudar um pouco a cara desse nosso mundo desigual.

3 comentários:

Vanessa disse...

Ei Savi....
Deve ser no mínimo interessante participar de uma festa de aniversário na qual a aniversariante não está presente.
Imagino, ou melhor, tento imaginar como deve ser difícil ficar longe das pessoas que amamos. Lutar pelos sonhos não é fácil neh?!
Mas tenho certeza que no final tudo valerá a pena.... e o melhor vai ser retornar e ver que as pessoas que vcs amam estarão de braços abertos esperando por vocês.

Aproveite cada momento!!!!
Bjus

Saviano Abreu disse...

Vanvis, digamos que nossa situação ainda é de privilegiados, comparando com os imigrantes que de verdade querem tentar a vida por aqui. Mas eu digo, de verdade, que vale muuuito a pena.

ian lara disse...

E AI SAVI, MUITO BOM SABER NOTICIAS SUAS. É ISSO AI TEM QUE CORRER ATRAS MESMO FICO FELIZ EM SABER QUE VC TA AI ESTUDANDO BOA SORTE SEMPRE. ABRAÇO
IAN LARA